segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Beleza - Cosméticos Faciais - Introdução


          Seguindo a sequência de dicas básicas de verdade para pessoas reais, vou dividir um pouco do que aprendi em mais de 15 anos de experiências com cosméticos...


          Meu primeiro erro foi ter começado muito cedo. A minha pele era muito boa e sem nenhum problema real, mas dei ouvidos às propagandas e à minha insegurança... Ganhei o primeiro de muitos esfoliantes físicos que tive aos 11 e estraguei irreversivelmente os poros do meu nariz com eles, comprava sabonetes agressivos, já passava hidratantes com ácidos aos 20... Hoje sei que nem agora eu precisaria de nenhum daqueles produtos, que eles apenas me fizeram perder tempo, dinheiro e autoestima, além de terem causado danos em vez de ajudar.
          O segundo erro foi não me conhecer bem, não pensar direito sobre o que me levou a usar um cosmético, não ter noção de onde começa a necessidade e onde termina a baixa autoestima... Em resumo, comecei a usar por usar, porque estava acessível no momento e o mundo dizia que eu tinha que me cuidar. Levei anos para poder dizer que tinha total consciência do motivo de comprar cada mísera manteiga de cacau, e ainda pesquiso e penso muito sobre se estou mesmo consciente.
          O terceiro foi não ligar muito para o que usava, o que era paradoxal. Se eu estava me empenhando em usar algo, deveria ter pesquisado e prestado atenção nas minhas necessidades e nos testes. Eu usava qualquer coisa que me recomendassem ou dessem até acabar sem qualquer visão crítica, já que também não tinha nenhuma meta definida. Quando comecei a ter mais noção, vi que estava longe de bons produtos e hábitos.

          Dito isso, meus conselhos são:

-Se você não tem nenhum problema dermatológico (sim, consulte um dermatologista para saber se não é a insegurança batendo), não precisa se sentir relaxada, não precisa acreditar que tem que se cuidar, não precisa usar nada, se não quiser.

-Conheça o sistema, se conheça e se ame. Se gostar como é pode parecer estar em contrapartida à querer mudar algo, ainda mais quando se sabe cada vez mais o quanto somos ensinadas a não nos amar para consumir, mas isso não te impede de estar bem consigo e querer estar ainda melhor. Pensar no assunto não serve para te impedir e te deixar com remorso inverso, serve para te deixar consciente dos seus motivos e decisões de forma positiva.

-Se o médico disse que não é clínico, você não está se sentindo pressionada a usar, está bem com você mesma e, ainda assim, sua pele te incomoda de vez em quando, estude a sua pele e analise o motivo dos incômodos. Eles podem ser mais reais do que imagina, não relacionados com estética e fáceis de tratar.

-Ao decidir usar um produto, pesquise muito antes de comprar e preste atenção enquanto estiver testando para ter certeza de que não está apenas enchendo a pele de química sem ter os efeitos desejados que fariam o processo valer a pena. Normalmente, quando dá errado, é possível notar na primeira semana. Não continue usando só porque já investiu e se sente mal com isso. Você pode emprestar para amigas e, se alguma gostar, vender para ela por uma fração do valor.

          Atualmente, tenho vários cosméticos, alguns por necessidade, outros por hobby. Gosto de testar uma coisa ou outra de vez em quando para saber se encontro itens melhores. Meu foco é sempre substituir por algo mais suave e prático.
          Na foto está tudo o que eu uso em diferentes estações. Ao longo do ano, nos respectivos climas, vou indicar os produtos que gosto mais e explicar para que servem e como usar, além de repassar algumas sugestões úteis.

domingo, 21 de fevereiro de 2016

Decoração - Jogos de chá


          Uma das coisas que mais gosto não só como item de utilidade, mas como decoração, são jogos de chá.
          Quase não tenho outros itens de enxoval por preferir esperar para comprar quando tiver uma moradia permanente (acho que 3 pratos, 3 trios de talheres e algumas panelas velhas não contam), mas graças aos amigos, tenho vários jogos bonitos (obrigada, seus lindos!).
          Apenas o primeiro jogo floral, a xícara de naipes e a de chocolate foram comprados por mim. Todos os outros vieram de aniversários, natais e desaniversários.
          E não ficam apenas guardados. Uso sempre que quero tomar um chá da tarde bonitinho e ainda mais agora, que preciso de recipientes diferentes para as postagens de receitas. As canecas são as mais usadas, tanto que algumas nem estão mais entre nós, pois quebraram em algum momento.
          Quando eu tiver minha casinha, quero ter um armário de vidro só para eles e também quero usar algumas peças como vasos no jardim.




quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

(14/02/2016) Bingo Beneficente AMAPATAS


          Eu nunca tinha jogado bingo. Quando a Amapatas lançou esse evento, pensei ''Pode ser uma boa experiência. Vá pelos bichinhos.'' e, nossa, que negócio divertido! Quero participar de todos que marcarem daqui pra frente!
          A Amapatas é uma ong que atualmente abriga 350 animais, sobrevivendo do orçamento e esforço da família fundadora e de doações (clique para ver a postagem sobre a visita que fiz). Fiquei muito feliz em ver a quantidade de ajuda que receberam para a realização do bingo, desde as prendas até o espaço cedido pelo buffet.
          Quando divulgaram a lista de prêmios, fui categórica: batedeira! Entre um monte de itens, o único que eu realmente queria ganhar era a batedeira. Eu e o Hudson estávamos planejando comprar uma assim que possível e eu vi a nossa chance ali. E, TA-DA! Ganhei a batedeira!!! Foi assim, logo de cara. Cheguei e ganhei na primeira cartela de R$3. Me senti o ser mais sortudo do lugar!
          E não parou por aí... Ganhei também dois quadrinhos artesanais (um de gatinho e um de cachorrinho) e um kit com comedouro, shampoo, petiscos e mordedor.
          Agora entendo as ''senhoras do bingo''. É tão empolgante! Me assustei quando cheguei e vi tantas gritando e brigando a cada rodada, mas logo, eu é que estava contendo a vontade de dar uns gritos quando perdia por um número ou quando ganhava e queria subir pelas paredes de alegria.
          Terminou às 20:00, mas eu teria jogado mais, se durasse. Programasso de final de semana para jovens de 30. Balanceamos fingindo ser pessoas normais lanchando no Subway e indo ver Deadpool.
          O filme é bom na categoria dele, tem umas piadas ótimas e até conseguiu arrancar umas risadas dessa pessoa que não gosta de comédia, mas falhou feio em algo desnecessário. Eu relevei os clichês propositais porque, bem, são propositais, e eu já esperava que não seria um indicação ao Oscar, e até suportei bem duas horas com um cara que não pára de fazer graça (sou chata, acho isso intragável), mas não consegui não ficar desconfortável e só aproveitar o ingresso depois da piada de pedofilia (tudo tem limite, né?). Ser bom ou ruim ficou em segundo plano quando poderia muito bem não ter um trigger gritante que pichou o filme até para quem curte comédia.







Fritz Buffet & Bistrô / Subway / Cine Atibaia - Atibaia / SP




Geo Medical Bella Brown Lens
Etude House Dear Girls Be Clear BB Cream
Contém 1g Artist Palette Blues Elegante Opaco e Ônix Opaco
Dailus Máscara Para Cílios Extra Longo e Curvado
Vult Protetor Labial Cacau e Karité

Laço - Le Carrousel
Camisa - C&A
Saia - Body Line
Bolsa - Innocent World
Sapato - Bottero
Acessórios (presilhas, broche, pulseiras e anéis) - Off Brand / Self-Made

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Receita


          Continuando com receitas fresquinhas de verão, fiz um sanduíche, um refresco e uma sobremesa, todos gelados.


Sanduíche Mexicano

          Conheci essa parte da culinária mexicana recentemente e gostei tanto, que quis tentar fazer com pão de milho (meu favorito) no lugar de tacos ou tortilhas, que não me agradam tanto.
          Descobri que é muito fácil de fazer e ótimo para quem gosta de fazer lanchinhos de última hora, pois basta fazer em grande quantidade, guardar em potinhos e comer a semana toda, e ainda tem o bônus de ser saudável e nutritivo.


1/3 Guacamole




-1/3 cebola
-3 tomates pequenos (não podem estar muito maduros)
-1 abacate grande
-1 pimenta chili
-1/2 xícara de coentro
-2 colheres de sopa de suco de limão taiti
-1 colher de sopa de azeite
-sal a gosto


     Pique a cebola em quadrados bem pequenos.
     Despedace apenas as folhas de coentro com as mãos em partes grandes.
     Retire as sementes e pique os tomates em quadrados médios.
     Retire as sementes da pimenta e pique em fatias minúsculas.
     Amasse o abacate e misture tudo com o suco de limão, azeite e sal.


2/3 Creme Azedo com Cream Cheese



-1 pote pequeno de cream cheese
-1 caixa de creme de leite com alta concentração de gordura (usei o de 30% da Piracanjuba)
-3 colheres de sopa de suco de limão taiti
-sal a gosto


     Misture o cream cheese e o creme de leite até ficar homogêneo.
     Acrescente o suco de limão e o sal, misturando até ficar homogêneo, e deixe na geladeira.
     Extra: Para fazer creme de cebola e salsa, basta acrescentar 2 colheres de sopa de cebola e 4 colheres de sopa de salsinha à mesma receita.


3/3 Montagem



-pão de milho (gosto do da Panco por ser adocicado)
-100g mussarela ralada/moída
-1/3 alface crespa


     Fatie a alface em tiras finas.
     Espalhe a guacamole em uma fatia e o creme azedo na outra, cobrindo a guacamole com o queijo e separando o creme azedo com a alface para que os sabores dos laticínios fiquem bem distintos.



Chá Gelado Bifásico Com Frutas

     Este chá é ''com frutas'', não ''de frutas'', por não ser preparado em infusão com elas. As frutas dão apenas um leve sabor cítrico ao chá, que vai se tornando doce à medida se aproxima do xarope. Por fim, se pode comer os morangos com a calda pura que sobra no fundo.


-8 pedras de gelo pequenas
-4 colheres de xarope de framboesa (ou de outra fruta vermelha, como groselha, que é mais barato e fácil de encontrar)
-1 sachê de chá branco
-6 morangos pequenos
-2 rodelas de limão siciliano


     Após ferver 500ml de água, deixe o sachê em infusão por 3 minutos e resfrie.
     Corte o limão em meias rodelas e os morangos com folha ao meio.
     Em copos de 300ml, despeje 2 colheres de sopa de xarope apenas no fundo, cubra com morango e intercale duas rodelas de limão com gelo no final. Se certifique de que os ingredientes cubram o copo.
     Despeje o chá já frio.



Mousse de Limão

     Esta é aquela sobremesa perfeita que é fácil de fazer e agrada a todos, pois pode ser feita de vários sabores diferentes apenas modificando o sabor da fruta escolhida. Eu sempre faço de limão, mas também já fiz de maracujá, morango e uva numa boa.
     Pela receita ser mais durinha, serve tanto para tacinhas simples, quanto para formas grandes. Quando quero fazer algo bonitão, monto numa forma de biscoito para ''virar'' torta mousse, podendo ser fatiada sem desmanchar.


-1 caixa de leite condensado
-2 potes de iogurte natural integral
-3 caixas de creme de leite integral (o da Nestlé é mais consistente)
-2 caixas de gelatina de limão
-1/2 xícara de suco de limão


     Dissolva a gelatina em apenas 1/4 da receita de água que recomendarem na caixinha. Costuma ser de 1l, então, usei 250ml.
     Bata todos os ingredientes no liquidificador com a gelatina ainda quente até que forme um creme homogêneo.
     Eu ia sugerir que usassem rodelas de limão para decorar, mas descobri que é um grande erro. Depois de 30 minutos, o limão oxida e fica amargo, amargando muito forte toda a parte da mousse que entrar em contato com ele. Foi uma péssima experiencia!