sexta-feira, 17 de junho de 2011

Presente


          Fiquei profundamente lisonjeada ao ser presenteada com o poema Boneca de Porcelana.
          Minha parte favorita é a finalização, onde o autor brinca com as letras C e Q.


“Conciliando as Características e Criatividade Com a Quantidade de Coisas Que Costumo Contar. 
Os Contos e Canções Que Contaminam os Corações se Calam Quando Caem no Carinho Que Karine Cultiva ao Contar-nos Quem de Costume ela é. 
Continue Caminhando Carismaticamente em Comunhão. 
Com isso, Construindo Colegas, Companheiros e Conhecidos.
Você Consegue. 
Comigo Carrego esta Convicção.
A Cultura de Cordel para Quem Calou, Contaminou e Conquistou o meu Coração.” 


Muito obrigada, Bruno Raniere!

6 comentários:

  1. O Bruno é realmente muito querido!
    E eu não conhecia o seu lado poético.

    Muito bom! :3

    ResponderExcluir
  2. Muito legal ^^

    Vc é muito querida e merece tudo de bom -^^-

    ResponderExcluir
  3. rsrs
    ^^ Como falei... Apenas refletindo algo que foi transmitido por você.
    Eu que fico grato e algre por vê-lo em seu famoso blog.
    ;)

    ResponderExcluir
  4. O rapaz aí é bem talentoso, hein?
    Belas palavras.

    :D

    ResponderExcluir
  5. Off: Em meu blog, agora as postagens possuem imagens. Gostaria de por uma fotografia da "boneca de porcelana". Você me daria esse privilégio, Karine?

    ResponderExcluir

* Seja educado e coerente.

* Não faça propagandas.

* Agradeço muito pela visita e pelo comentário <3