quinta-feira, 31 de agosto de 2017

(27/08/2017) 10ª Festa Nordestina


          Perdi essa festa nos outros anos porque só ficava sabendo quando já tinha passado, mas dessa vez, consegui ir.
          Procurei os vídeos das edições anteriores e cheguei à conclusão de que eu não curtiria as atrações e a super muvuca que vira à noite, então, fui bem cedo, assim que começou, só para comer.
          Estava vazio, quase deserto até quando fui embora (como dá pra ver na última foto), e o melhor disso é que não peguei fila nenhuma nas barracas e a comida estava fresquinha.
          Eu sabia que pela temática teria bicho em todos os pratos, mas fui na esperança de encontrar coisas que dariam para separar. Consegui provar o acarajé, que comi tão na seca, que não fotografei, e meio quilo de mandioca frita em manteiga de garrafa. Enfrentei o preconceito com bolo de pote e dei sorte de pegar um de abacaxi com coco e creme muito gostoso.
          Voltei pra casa sendo guinchada.




Praça do Imigrante Nordestino - Atibaia / SP




Lentes Color Vision Verde
It's Skin Babyface BB Cream Silky
Vult Sombra Duo 07 Verde MusgoVult Quinteto de Sombras Drama Preto
Abelha Rainha Máscara Tridimensional
Vult Protetor Labial Cacau e Karitê

Suspensórios  Off Brand
Regata  Off Brand
Shorts  Off Brand
Bolsa  Off Brand
Bota  Mega Boots
Acessórios  Off Brand

quarta-feira, 30 de agosto de 2017

(26/08/2017) Dia a Dia


          Para o meu azar, sou uma vegetariana que não gosta de cogumelos, então, sempre que vou em alguma hamburgueria, passo pela mesma situação: "Nós temos hambúrguer vegetariano! É de shimeji, shitake, champignon..." (o do Burguer King até parece que está me zoando). Eu não tenho hate com fungos, nem frescura pra comer, até tento experimentar sempre que posso, mas sempre acho intragável. Bem, acho que todo o mundo tem algo que não desce...
          Não foi diferente dessa vez, mas fizeram a gentileza de prepararem um queijo mais grossinho grelhado para mim e deram desconto (valor original dos lanches R$26, com desconto R$15). Ainda assim, para uma hamburgueria gourmet, achei meio sem graça. Não senti nada de diferente nos ingredientes (pão, alface, tomate, picles, cebola caramelizada simples e queijo cheddar que parecia prato comum) que pude experimentar e a batata frita estava ruizinha (seca e dura). O combo sai mais ou menos no mesmo valor das outras lanchonetes básicas da cidade, só que as outras são mais fartas (eu como um e fico explodindo, enquanto nessa eu teria que comer dois combos) e com mais sabor. Talvez o diferencial sejam os hambúrgueres mesmo.
          Como não consegui saciar as minhas lombrigas ali, fui procurar alguma sobremesa pela cidade, mas só achei fast-food e Fran's Café. O sundae de chocolate que comprei no Burguer King não sobreviveu tempo suficiente nem para ser fotografado e gastei dinheiro à toa com esse red velvet bonito do Fran's, porque tá lindinho, porém, horrível! O sabor era entre não identificável e "eca". Como diz a Fay: "Tinha sabor de decepção". Ninguém conseguiu comer. Como que um bolo de cacau abaunilhado com recheio de creme ácido se tornou um bolo branco com corante barato recheado de terra e gelatina ruim de framboesa?!
          Maaaaaas, fica o xp com os lugares testados.
          Depois, fomos na casa do Vitor jogar Munchkin Panic e ver a luta Mayweather x MacGregor (o que tive que googlar para lembrar os nomes, porque, sinceramente, não é minha praia e eu só acompanhei os caras). Nesse tempo, pude conhecer melhor o catioro. Olha esse catioro!






Brown Burguer / Casa do Vitor - Atibaia / SP




Lentes Color Vision Verde
It's Skin Babyface BB Cream Silky
Vult Quinteto de Sombras Lovely Nude Café com Leite e Café
Abelha Rainha Máscara Tridimensional
Bepantriz Pomada

Boina - Off Brand
Corsage - Self-Made
Bolero - Renner
Laço - Le Carrousel
Vestido - Off Brand / Customizado
Cachecol - Renner
Luva - Off Brand
Bolsa - Innocent World
Meia - Innocent World
Bota - Mega Boots
Acessórios - Off Brand / Self-Made

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

(06/08/2017) 9ª Japan Fest


          Eu já tinha abusado no dia anterior por resolver ignorar a frente fria, sair e ainda tomar sorvete. Sabia que estava gripando, então, avacalhei logo, saí de novo e tomei vento na cara até não aguentar mais na festa.
          Passei a semana passada inteira de cama, mas fiz como criança birrenta que se sente vitoriosa e satisfeita mesmo estando toda errada.
          Tudo isso só pra comer mais ramen. Foi tipo o final de semana do noodle.





Centro de Convenções Victor Brecheret - Atibaia / SP




Lentes Color Vision Cinza
It's Skin Babyface BB Cream Silky
Vult Quinteto de Sombras Lovely Nude Café com Leite e Café
Abelha Rainha Máscara Tridimensional
Anita Batom Líquido Cappuccino

Chapéu - Body Line
Peruca - Off Brand
Capelete - Le Carrousel
Blusa - Renner
Saia - Le Carrousel
Bolsa - Eurobag
Calça Térmica - Off Brand
Bota - Lily's Closet
Acessórios - Off Brand / Self-Made

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

Bolinhos de Feijão e Vinagrete Suave


          A fadiga eventualmente me causa ansiedade. Normalmente é só à noite, antes de dormir, por causa da carga do resto do dia ou porque junto com a insônia tensa que eu também tenho, mas vez ou outra dá durante o dia.
          Nessas horas, o melhor para mim é cozinhar algo que eu nunca fiz, pois além de me manter focada em algo que me relaxa, ainda termino com alguma coisa gostosa como recompensa. É duplamente funcional.
          Nesse dia eu senti que a crise estava começando e fui logo conferir quais ingredientes eu tinha na cozinha. Ao ver um feijão preto que já estava ficando velho e couve refogada do dia anterior, não tive como pensar em outra coisa.
          Vi essa receita em algum programa nacional na versão feijoada e achei que era perfeita pra usar o feijão. No fim, nem foi assim tão trabalhoso quanto eu pensei que seria (tenho preconceito e acho que dá trabalho demais fazer e fritar bolinhos) e ficaram bem gostosos.
          Fiz também uma vinagrete porque com molhinho é sempre mais gostoso. Como tenho uma leve alergia à cebola crua, modifiquei um pouco a receita tradicional.


Bolinhos de Feijão

-500g de feijão preto cozido (já temperado e com pouco caldo e grosso)
-200g de farinha de mandioca temperada (eu usei aquela básica da Yoki)
-100g de couve manteiga refogada (já temperada)
-1 ovo
-100g de farinha de rosca

     Requente o feijão e misture com a farinha temperada até virar um tutu consistente e uniforme.
     Separe o ovo batido em um potinho e a farinha de rosca em outro.
     Com uma colher de sopa cheia (pense numa porção farta de bola de sorvete em cima da colher) da mistura de feijão, achate uma camada de um dedo de espessura na palma da mão, coloque uma colher de chá da couve no centro e feche em uma bolinha.
     Passe as bolinhas no ovo e depois na farinha de rosca.
     Deixe no congelador por 3 horas para não correr o risco delas desmancharem na hora de fritar.
     Frite em óleo bem quente, lembrando que elas já estão cozidas por dentro e só precisam ficar crocantes e bonitas por fora.
     Rende 12 bolinhos.

Vinagrete Suave

-2 tomates
-1 pepino japonês
-1 xícara de salsinha
-1 colher de sopa de cebola
-3 colheres de azeite de oliva
-1 limão taiti
-1/2 colher de café de açúcar
-pimenta do reino a gosto
-sal a gosto

     Eu usei um processador, mas acho que é possível fazer no liquidificador também.
     Triture primeiro a salsinha, a cebola, o azeite, o suco do limão e os temperos por um minuto, depois adicione o tomate e o pepino e triture até ficarem com o tamanho que preferir.
     Rende 3 xícaras e pode ser usado como molho para salada.

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

(05/08/2017) Dia a Dia


          Quando vem aquele frio matador que deveria te fazer ficar protegida e quentinha em casa você faz o que? Vai tomar sorvete!
          A culpa não é minha se tem uma Ice Creamy do lado do cinema. Eu sabia que ia ter um treco por overdose de açúcar, mas foi mais forte do que eu. Pedi um New York Shake 5 e achei uma delícia! O sorvete de chocolate é meio amargo como eu gosto e o brownie estava bem macio. Maaaas... fiz besteira por não ter pensado melhor e dividido um com o marido. Não somos muito de doce e ficamos enjoados antes de dar conta dos dois.
          Agora fizemos tomamos uma nota mental de sempre que formos pedir algum doce de médio à grande, temos que ignorar as lombrigas e pedir só um para experimentar. Afinal, se a gente quiser mais, é só comprar depois.
          Fiquei muito feliz por encontrar o Dunkirk em 2D e legendado. Não sou a chata do legendado x dublado, mas alguns tipos de filmes perdem o feeling na dublagem, principalmente onde se fala pouco, tem muitos gritos e não é monolíngue. E quanto ao 3D, eu realmente não gosto de 3D. Me deixa zonza e me dá dor de cabeça.
          Achei o filme excepcional em cada detalhe. Um deleite pra quem gosta de dramas realistas. Assistam!
          Mais tarde, fomos jantar com alguns amigos. Gostei muito do restaurante, bem bonito e phyno,  e que tem preços estranhos, tipo pequenos combinados de sushi por R$100+ e ramens bem servidos por R$30. Como era o que eu queria comer mesmo, saí no lucro. Meu curry udon estava muito bom e o chef foi gentil em adaptar os ingredientes para a vegetariana poder comer.





Bragança Garden Shopping - Bragança Paulista / SP
Himawari - Atibaia / SP


Lentes Color Vision Verde
It's Skin Babyface BB Cream Silky
Vult Quinteto de Sombras Lovely Nude Café com Leite e Café
Abelha Rainha Máscara Tridimensional
Bepantriz Pomada

Chapéu - Body Line
Peruca - Off Brand
Blazer - Renner
Colete - Snow Rose
Camisa - Body Line
Saia - Innocent World
Bolsa - Innocent World
Meia Térmica - Off Brand
Bota - FiveBlu
Acessórios - Off Brand