quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

(30/01/2016) 28° Aniversário


          Minha mãe ficou com pena por eu ter aberto mão de uma festinha de aniversário para conseguir ir no South Meeting e me levou para comemorar em um dos restaurantes favoritos dela, uma cantina italiana grandona da região.
          Como gosto de fazer macarronada com certa frequência, sempre deixo os restaurantes italianos de lado, dando preferência por comidas que eu não sei fazer, mas estava querendo conhecer algum há algum tempo, pois fico curiosa em saber se o que eu faço é parecido e qual é o padrão.
          Eu experimentei um talharim ao pesto muito bom, que me deixou feliz por ver que o meu molho é bem parecido, e uma lasanha de massa verde e tomate seco que nem consegui fotografar, pois, quando lembrei, já tinha acabado.
          Gostei do lugar e fiquei interessada no rodízio de massas que fazem às sextas-feiras. Também soube que ali em volta tem vários restaurantes tradicionais, inclusive um que oferece café colonial nas manhãs de domingo. Queremos ir conhecer assim que esfriar um pouco.




Restaurante Villa Brunholi - Jundiaí / SP




Freshlook Colorblend Brown Lens
Etude House Dear Girls Be Clear BB Cream
Contém 1g Artist Palette Blues Elegante Opaco e Ônix Opaco
Dailus Máscara Para Cílios Extra Longo e Curvado
Dailus Pro Batom Líquido Cabaré

Bolero - Off Brand
Vestido - Innocent World
Laço - Body Line
Bolsa - Off Brand
Sapato - Mississipi
Acessórios (presilhas, gargantilha, pulseiras e anéis) - Off Brand / Self-Made

domingo, 31 de janeiro de 2016

Decoração - Potes


          Sempre gostei de ter ervas e condimentos à disposição em casa, mas nunca guardei devidamente, ou seja, tudo ficava nas respectivas embalagens do mercado, fechadas por pregadores de roupa, se muito.
          Independente da aparência, armazenar desta forma facilitava a oxidação e também a degradação do produto, o fazendo perder o flavor ou estragar mais rápido.
          Agora, mesmo mal tendo um lugar adequado para guardar tudo, decidi que já passava da hora de organizar ao menos isso e arranjei alguns potinhos...


          Comprei estes numa lojinha de diversidades domésticas da cidade. Achei o formato uma gracinha e o tamanho é certinho para o que eu precisava. Custaram R$3,50 cada.


          Eu ganhei muitas geleias dessa marca no ano passado e, para minha surpresa, minha avó guardou a maioria das embalagens sem eu saber. Enquanto eu estava me lamentando por não poder comprar mais potinhos, ela apareceu e me informou que tinha alguns no armário. Uma querida!
          Raspei o rótulo, tirei o excesso de cola com removedor de esmalte (removedor de esmalte sempre tira cola de rótulos, aquela desagradável que fica encardindo com o tempo) e pronto. Nem quis pintar a tampa porque curti o ar vintage.
          Daqui pra frente, vou tomar o cuidado de comprar produtos com embalagens bonitas para reaproveitar. Ainda preciso de várias para guardar temperos, que ainda estão em embalagens provisórias.


          Agora, meu cantinho de chás está assim. Minha mãe sente que a cozinha dela está sendo cada vez mais dominada pelas minhas coisas (essa parte é praticamente metade da copeira).


quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

(23/01/2016) South Meeting e After Party


          Achei que eu não ia poder viajar nesse ano, mas nada que um monte de parcelas no cartão não resolva. Sem contar que o Hudson adora o evento e teria um treco se eu não quisesse ir. Ele estava tão empolgado, que foi o primeiro a comprar os ingressos, depois de passar a semana perguntando se já podia comprar (que nem criança).
          E o investimento valeu a pena, pois começar o ano com um meeting lindo desse é maravilhoso!
          A decoração foi inspirada em ''João e Maria'' e tinha docinhos por todos os lados, inclusive nas paredes. A Mari estava perfeita combinando com a decoração. Eu levei uns dois quilos de balas, pirulitos e pães de mel como lembrancinha.
          Também teve vários sorteios e eu ganhei exatamente o que eu queria: um pingente de coelhinho da Oh Candy Store. Nem acreditei quando chamaram meu nome. Faz tempo que eu namorava os coelhinhos da loja e nem sei como vou usar algo tão sweet, mas vou dar um jeito.
          Mas a atração principal foi o Miss South Meeting e é claro que o Hudson concorreu. Eu chorei de rir do começo ao fim com eles literalmente rebolando pelo título em uma lip sync battle ao som de A Lenda. No fim, o plot twist foi a Gih, que foi júri, juiz e carrasco onipotente, corooando um espectador da plateia, gerando uma revolta no público pelo Hudson não ter ganhado.
          E se o meeting já estava bom, o after foi ainda melhor! Após uma pausa para reorganizar o salão e todos se recomporem (eu voltei para o hotel para tomar um banho rápido e botar roupas confortáveis), o after foi iniciado com um passeio pela trilha totalmente escura que tem no condomínio acompanhada pela narrativa do conto de fadas. O salão agora estava todo escuro e decorado como um covil de bruxa.
          O povo não entende como a gente pode gostar tanto de meetings porque não sabem o que perdem. Além de todo o empoderamento e o ''foda-se'' que existe em torno da moda, ainda reunimos gente querida para celebrar a aceitação aloka. Esse foi regado à álcool (apesar de eu já ser doida o suficiente só no leite), gritos, digo, performance, da Gih com a Naki da Pandemia Art & Tatoo, workshop de twerk com a Pipoca, dicas de astrologia com a Anne e mesa redonda de experiências sexuais descaradamente criada por mim, para variar.
          Eu queria ter levado mais gente comigo, mas calhou de todos terem compromissos, tipo estar preso no Japão. Só digo que quem não foi, perdeu, mas tem chance de ir no próximo. Tentem se organizar e aparecer quando tiver de novo. A galera é muito gente boa.
          Até lá!








Condomínio Tirol das Torres - Curitiba / PR




Geo Medical Berry Holic Green Lens
Etude House Dear Girls Be Clear BB Cream
Contém 1g Artist Palette Blues Elegante Opaco e Ônix Opaco
Dailus Máscara Para Cílios Extra Longo e Curvado
Dailus Pro Batom Líquido Paixão

Chapéu - Self-Made
Vestido - Mary Magdalene
Camisa - Body Line
Laço - Mary Magdalene
Bolsa - Off Brand
Meia - Off Brand
Munhequeira - Innocent World
Sapato - Mississipi
Acessórios (brindos, broche, pulseiras e anéis) Off Brand / Self-Made


Camisa - C&A
Colete - Zara
Bolsa - Eurobag
Calça - Off Brand
Sapato - Dafiti Shoes

domingo, 24 de janeiro de 2016

Self-Made - Chapéu


          Eu sempre quis esse modelo de chapéu, mas protelei por anos para arranjar um. Agora, que montei um outfit que pedia por um assim, me obriguei a fazer de última hora. Se eu soubesse que era tão fácil, teria chutado a preguiça e feito bem antes!
          Caso também queiram um ou bata o desespero por algum acessório bonito para usar no meeting do dia seguinte, podem tentar este que leva apenas algumas horas para fazer:


-Um pedaço de papelão fino que seja longo o suficiente para recortar a copa (usei uma caixa de sapato)
-Um retalho alguns centímetros maior de um tecido grosso
-Tesoura (que eu esqueci de fotografar)
-Agulha
-Linha
-Rendas diversas para enfeitar


     A medida de cada parte varia de acordo com o tamanho do chapéu desejado, então, não vou especificar.
     Assim que decidir o tamanho, arranje dois pratos de proporções complementares para medir a aba e recorte o papelão. A parte interna do círculo será o topo (''telhado'' do chapéu).
     Meça a circunferência e recorte o papelão com a altura que preferir para a copa (lateral do chapéu).
     Recorte duas peças de tecido com 5mm à 1cm de sobra de cada peça de papelão.


     Costure o lado interno da parte externa da aba e um dos lados da copa.
     Desvire as peças e costure o restante dos lados com o papelão por dentro.
     Deixe um dos lados da copa abertos para adaptar a circunferência no final.


     Junte o topo e a copa costurando rente à primeira costura, tomando cuidado para que a sobra do tecido e a primeira costura fiquem por dentro.
     Ajuste a proporção da copa no final, cortando se necessário, e junte os dois extremos.
     Junte a copa e a aba com o mesmo processo.
     Costure presilhas ou grampos (presilhas são mais eficientes).


     E pronto! Agora, basta enfeitar.
     Eu sempre faço a banda (detalhe da lateral) dos meus chapéus bem rentes para que não tenha necessidade de costurar permanentemente, possibilitando trocar e variar. Busquem inspirações, arranjem alguns aviamentos e se divirtam!