quarta-feira, 11 de abril de 2018

(04/04/2018) Dia a Dia


          A ideia era sair rapidinho, comer qualquer coisinha e ir no cinema, mas acho que não consigo fazer isso.
          Perto do cinema quase todos os restaurantes fecham depois das 18:00 e eu só queria qualquer lugar, nem que fosse pra comer batata frita, então, andamos nas ruas em torno e chegamos nesse restaurante.
          Eu já conhecia de vista. Passei muitas vezes em frente e nunca me interessou, pois, vendo de fora, não parecia ter nem uma decoração bonita, nem uma comida diferenciada (porque eu nunca acredito que restaurantes que se dizem gourmet são mesmo mesmo gourmet e esnobo), mas acho que a faxada deve ter um ângulo amaldiçoado pra eu não ter visto essa decoração vintage maravilhosa.
          Não teria como eu estar mais enganada sobre o estabelecimento. O lugar é lindo e a comida é muito boa! As atendentes foram super simpáticas e ainda informaram que tinha uma moto no andar de cima para eu fotografar. Até parece que eu não subiria nela. As fotos ficaram com formatos diferentes porque eu não notei que a câmera tinha bugado e mudado automaticamente, mas até que ficaram legais assim.
          Eu pedi um combo vegetariano que dizia "lasanha vegetariana + salada" de R$32 achando que viria uma saladinha e um quadradinho de lasanha, e eu acharia o preço ok, mas vieram dois pratos grandes de cada e eu só pude olhar para eles apaixonada como na foto. A salada estava muito fresca (descobri depois que eles têm uma horta orgânica particular) e a lasanha, que era de abobrinha e espinafre, estava generosa de parmesão. Fiquei muito satisfeita! O marido disse que hambúrguer dele realmente era gourmet e que queria voltar para experimentar os outros sabores porque adorou. Eu também quero voltar porque vi uma batata gratinada com 4 queijos que parecia ótima.
          Depois do jantar ele ainda quis comer um docinho, então, atravessamos a rua e ele comprou um dhíbrido de bomba de chocolate com torta de morango. Espantosamente, o jantar foi tão farto, que eu não consegui querer sobremesa.
          Por fim, de barriguinha mais cheia do que eu esperava, fomos assistir Ready Player 1, que eu adorei! Normalmente não gosto muito de filmes familiares, desses que erram ao barrar coisas pesadas incluindo um plot profundo. Mas esse teve um plot interessante e decente, a parte de ação ficou foda e não infantilizaram nenhum ponto, apenas se mantiveram no politicamente correto e sem cenas pesadas ou sexuais. Apesar de alguns clichês, a representatividade foi digna, com quase metade dos personagens sendo mulheres, sendo uma a player destacada como uma das melhores do mundo, uma como a caçadora fodona (papel que quase sempre é dado à homens porque parece que mulher não pode ser habilidosa e fria ou má se não for contra outra mulher por motivos frívolos) e outra, também uma player famosa, usa um char de machão brutamonte e tem o gênero descoberto só no final sem nenhum desmerecimento. Ouvi dizer que no livro é bem diferente, então, o Spielberg e prudoção estão de parabéns por fazer melhor. E claro, como nerd que teve infância no Japão, foi lindo ver dezenas de referências não só pop e americanas por segundo. É um ótimo filme pra levantar o astral e sentir muita nostalgia. Recomendo demais assistir com amigos pra todos caçarem e rirem com as centenas de easter eggs.









Village Restaurante e Hamburgueria Gourmet / Pizzaria Veneto / Cine Atibaia - Atibaia / SP




Lentes Color Vision Verde
It's Skin Babyface BB Cream Silky
Vult Quinteto de Sombras Matte Lovely Nude Café Com Leite e Café
It's Skin Babyface Petit Mascara Volume
Dailus Pró Batom Líquido Colan Pecado

Boina - Off Brand
Peruca - Off Brand
Vestido - Renner
Saia - Off Brand
Cinto - Off Brand
Bolsa - Baby, The Stars Shine Bright
Sapato - Tanara Brasil
Acessórios - Off Brand / Self-Made

2 comentários:

* Seja educado e coerente.

* Não faça propagandas.

* Agradeço muito pela visita e pelo comentário <3